Campeonato Mundial do ICU está adiado. USASF segue mantido

ICU Worlds está oficialmente adiado. Worlds USASF segue mantido para o final do próximo mês

Depois de uma longa espera para atletas do mundo todo, a International Cheer Union anunciou o adiamento do ICU Worlds 2020. O documento assinado pelo presidente Jeff Webb destaca que a decisão do ICU Governing Council foi unânime, tendo a segurança de atletas, coaches, colaboradores, familiares e amigos como ponto pacífico entre os representantes dos continentes e a presidência da entidade.

O documento destaca, ainda, que um grande número de países já havia informado que suas delegações não poderiam participar do campeonato e que as medidas restritivas aplicadas pelo governo dos Estados Unidos e em todo o mundo inviabilizaram uma competição internacional. Clique aqui para ler o documento.

A IASF/USASF não pensa da mesma forma: a entidade publicou nota afirmando que “como sabemos que é uma situação que muda muito rapidamente, nesse momento, pretendemos manter o USASF/IASF Cheerleading and Dance Worlds em 24 a 26 de abril”. Clique aqui para ler a nota.

Os anúncios atingem diretamente os planos da Seleção Brasileira de Cheerleading, que treinou normalmente nesse fim de semana. O Brasília Xtreme, que treinava para o Worlds, também é diretamente impactado, uma vez que a manutenção de um campeonato e o adiamento do outro pode trazer complicações principalmente para atletas que participam de ambos os projetos e que, se nada mudar, agora teriam que ir aos EUA duas vezes para continuar em ambos.

No grupo da International All Star Federation já há discussões sobre a manutenção do Worlds. Segundo fontes, equipes da Europa contestam a decisão que se justificaria, uma vez que o Worlds é majoritariamente competido por equipes norte-americanas. Por outro lado, como no caso do Brasília Xtreme, outras equipes não terão como enviar atletas em duas ocasiões diferentes aos Estados Unidos.    

Tentamos contato com a União Brasileira de Cheerleading (UBC), mas não tivemos resposta até o fechamento desse texto. Também fizemos contato com a equipe técnica do Brasília Xtreme, mas a equipe preferiu não se posicionar nesse momento.

Texto: Rodrigo Mariano
Produção: Geovanna Calazans, Clara Lima e Tales Costa
Revisão: Nicole Goldstein, Carina Fischer, Isabella Boddy, Paula Felix 
Com informações do Cheer Updates, ICU e USASF

   

 

Instagram did not return a 200.