COVID-19 ainda não impacta totalmente o cheer nacional

Atualizada em 15/03 às 17h01

O cenário é de incerteza. No Rio de Janeiro, onde o Team Brazil treina todo fim de semana para o Mundial da ICU, a transmissão já é comunitária – não se sabe mais quem transmitiu. De acordo com o Ministério da Saúde, supermercados e lojas devem ser evitadas em horário de pico, empresas devem instituir o trabalho remoto e as aulas em universidades e escolas públicas e particulares foram suspensas.

Treinos e eventos do cheer nacional, no entanto, em sua maioria, aconteceram normalmente nesse fim de semana. O Team Brazil Coed e All Girl treinaram normalmente hoje. O Royal Cheer Rio realiza Tryout para flyers no domingo, no Rio. O Avengers teve tryout para bolsistas também nesse fim de semana. Grand Casino, Elite e Marvel também funcionam normalmente. O Arkhaios, um dos maiores ginásios do país, cancelou os treinos nesse fim de semana após o decreto do governador do Rio, que pede que se evite aglomeração de pessoas.

Em São Paulo, onde a contaminação também, já é comunitária, o Galaxy treina normalmente, bem como o Spirit of Titans, SkyHigh e Fierce. O Brasília Xtreme, que treina em uma universidade pública, suspendeu os treinos respeitando o decreto do governador Ibaneis Rocha, que proibiu eventos públicos por cinco dias. Novo decreto aumentou o isolamento por mais 15 dias. Lótus e Django, no entanto, funcionam normalmente nesse fim de semana.

No Paraná, o Rebellion fez a inauguração do seu novo ginásio e o Tigres não suspendeu suas atividades. O Cheer Factory preferiu cancelar as atividades que teriam hoje. Na Bahia, o BPS All Star e o Salvador All Star mantiveram as atividades. Em Minas Gerais, Bravo! e Panthers também funcionam normalmente. No cenário universitário, nos estados que suspenderam as aulas, os treinos também estão suspensos.

Campeonatos e Camps

Entre os eventos internacionais agendados, os campeonatos mundiais da Intenational Cheer Union e da Intenational All Star Federation seguem sem uma decisão oficial. A ICU publicou documento na sexta-feira declarando que viria a público com um posicionamento em um período de 24 horas. O prazo venceu hoje às 16h, mas ainda não há uma posição da entidade.

O Cheerland Camp, que acontece no final de maio com a presença de 11 coaches americanos, segue com agenda normal. Segundo nota publicada na noite de sexta pela produção do evento ainda não há previsão de cancelamento.

View this post on Instagram

A produção do Cheerland está acompanhando atentamente os desdobramentos da pandemia do COVID-19, bem como os impactos que a mesma vem causando no mundo dos esportes. Sabemos que tudo é muito novo, sem precedentes e assustador, mas é preciso calma. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ Até o momento, a agenda do Cheerland está mantida. Até o último fim de semana de maio, quando acontecerá o camp, muito terá acontecido no Brasil e nos Estados Unidos, de onde virão os nossos coaches. Órgãos responsáveis pela saúde pública em todo o mundo estarão trabalhando há meses no controle da doença e o cenário será completamente diferente do atual, embora não saibamos ainda qual ele será. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ Seguiremos acompanhando o desenrolar da situação no Brasil e no mundo e, caso em algum momento fique claro que o Cheerland pode representar perigo real para a saúde dos atletas ou dos coaches, viremos a público para novo posicionamento. ⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ Até lá, estaremos torcendo para que o cenário mundial apresente uma evolução positiva, que o vírus seja controlado e que nenhuma mudança seja necessária no nosso cronograma. Por enquanto, seguiremos trabalhando para garantir um fim de semana incrível para os atletas do Cheerleading Esportivo brasileiro.

A post shared by CheerLand (@cheerlandcamp) on

Recomendações
O Cheerleading é um esporte de contato e os treinos de alguns ginásios podem reunir cerca de 25 pessoas que terão contato direto com algumas dezenas no caminho até o treino. Por isso, algumas medidas podem ser importantes nesse momento. Conversamos com especialistas e essas são as recomendações:

– Para os atletas:
. Aqueles que têm contato com alguém que tenha sintomas típicos de uma gripe não devem comparecer aos treinos.
. Aqueles que sentirem algum sintoma típico de uma gripe também não devem comparecer.
. Lavar as mãos longamente com sabão ao chegar ao ginásio.
. Lavar as mãos longamente assim que chegar em casa, vindos do treino.
. Não levar a mão ao rosto durante o treino.

– Para os ginásios:
. Prover álcool-gel e/ou sabão para que os atletas possam fazer a higiene.
. Conversar com os atletas sobre a saúde dos mesmos.
. Pensar treinos que evitem o contato físico desnecessário.
. Destacar para os atletas a importância de não tocar rosto durante o treino.   


CAMPEONATOS e CAMPS

ICU World Championships – INDEFINIDO

Cheerleading Worlds Championship – INDEFINIDO

Cheerland Camp – MANTIDO

TREINOS NO FIM DE SEMANA 13, 14 e 15 de março

BAHIA

BPS – MANTIDO

SSA – MANTIDO

BRASÍLIA

Brasilia Xtreme – CANCELADO

Django – MANTIDO

Lótus – MANTIDO

MINAS GERAIS

Panthers – MANTIDO

Bravo! – MANTIDO

Django UDI – MANTIDO

PARANÁ

Rebellion – MANTIDO

Tigres Allstar – MANTIDO

Cheer Factory – CANCELADO

Frontcheers – MANTIDO

Dynasty – MANTIDO

The Royal – CANCELADO

MATO GROSSO

EV-X – MANTIDO

RIO DE JANEIRO

Arkhaios – CANCELADO

Avengers – MANTIDO

Marvel – MANTIDO

Elite – MANTIDO

RCR – MANTIDO

GRAND CASINO – MANTIDO

SÃO PAULO

Galaxy – MANTIDO

Titans – MANTIDO

Fierce – MANTIDO

SKYHIGH – MANTIDO


NOTA DA REDAÇÃO: As infomrações e a lista de eventos podem ter mudado desde o momento em que fechamos essa matéria. Se alguma informação estiver equivocada, por favor, entre em contato com a produção do Cheer One Channel pelos correspondentes da sua região ou pelas nossas redes sociais. 

Instagram did not return a 200.