A história do nosso 1º disconect em 2 anos

Dia normal de trabalho. Depois de responder e-mails e verificar a agenda, abri o navegador para a visita diária aos sites e trabalhos pendentes. O normal seria levantar e analisar números, fechar matérias, fazer contatos, editar vídeos e publicar no fim do dia. Mas a mensagem “Account Suspended” atrasou o resto do dia. Já caímos antes por excesso de visitas durante a temporada, mas a mensagem é diferente quando o servidor transbordou. Essa era de falta de pagamento.

Nosso plano trimestral havia vencido. Os emails de aviso caíram direto no SPAM – porque nunca havíamos recebido e-mails de aviso de atraso – e a queda caminhou silenciosa até acontecer. Não é uma conta cara. Nunca foi problema antes. Mas quando as fontes de financiamento falham e o orçamento sai dos trilhos, pouco é muito. E foi assim que o Cheer One Channel ficou totalmente desligado por 24 horas, pela primeira vez, em 25 de julho.

Seja uma de nossas bases! Apoie o jornalismo esportivo independente. O cheerleading agradece! https://www.catarse.me/c1c

Nos stories anunciamos problemas técnicos e, a princípio, a ideia era deixar por isso mesmo. Mas se a gente trabalha com a verdade, não tem como tomar esse caminho. E mais: se a gente tem apoiadores que salvaram o dia, não tem como não agradecer.

Retornamos por volta das 4 da manhã do dia 26, já com três matérias em finalização, um podcast, dois vídeos e duas campanhas de parceiros em andamento. E voltamos porque, no meio da confusão de e-mails não lidos e produção pesada, estavam lá nossas bases, nossos apoaidores. Nossa campanha no Catarse segue lenta, mas arrecadou o suficiente para resolver o problema de hoje.

É por isso que agora, de volta ao ar cobrindo o esporte que a gente ama, o cheer One Channel vem em editorial agradecer nossos primeiros apoiadores. Obrigado, Nicole Goldstein, Sara Souza, Eduvirges Rosa, Arlene Maria Oliveira, Lucas Motta, Fígaro Guilherme, Sandy Alves e Victoria Lanzana, pela confiança e por ajudarem a manter o jornalismo esportivo independente. Vocês são importantes e, saibam, pelos próximos três meses, foi a contribuição de vocês que pagou a hospedagem. A gente – e o cheerleading – agradece.

E de volta à programação normal.