Cheerfest Supernational 2018: algo jamais vivido no Brasil

O Cheerfest Supernational, que acontece no próximo final de semana em Volta Redonda, comemorará sua quarta edição marcado pelo ineditismo. Nas últimas temporadas os campeonatos vêm crescendo, alimentados por um cheerleading que se populariza no país. Mas esse ano é especial: o Cheerfest se destaca pelos números e investimentos e deve alcançar um novo nível para o campeonato.

Em menos de dois dias, 13 ginásios All Star se encontrarão para disputar no tatame do Supernational o pódio mais cobiçado dessa temporada. Serão impressionantes 27 times All Star, que apresentarão rotinas em dois níveis do All Girl (2 e 3) e Coed do nível 2 até o nível 6. As categorias universitárias não ficam para trás: serão 24 rotinas de times de universidades do Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Brasília, Bahia, Santa Catarina e Paraná. Nas categorias individuais, 63 rotinas serão julgadas pela banca. Nenhum campeonato no Brasil, regional ou nacional, jamais chegou perto desses números e é fato: a experiência que atletas e equipes técnicas viverão no próximo fim de semana é algo ainda desconhecido no Brasil.

O Cheer One Channel entrevistou Cauê Souza, criador e organizador do Cheerfest para saber como está a semana final da produção, como ele lida com o desafio dos números e o que podemos esperar no próximo sábado. Confere o vídeo!